segunda-feira, 1 de julho de 2013

Amar é o Poder do Querer-Ser

Apegar-se a uma "coisa" ou "pessoa" em sua essência, quer dizer: amá-la, querê-la. Pensando de modo mais originário, querer significa essencializar, dar essência. Esse querer é que constitui a própria essência do poder, que não somente pode realizar isso ou aquilo mas também deixa uma coisa “vigorar” em sua proveniência, isto é, deixa que ela seja. O poder do querer é aquilo em cuja “força” uma coisa pode propriamente ser. Esse poder é o “possível” em sentido próprio, a saber, aquilo cuja essência se funda no querer.
Heidegger, [Carta] sobre o humanismo.