domingo, 8 de junho de 2008

Gn 2,15-25; 3

o Homem quando se emancipa de si mesmo e escapa das marcações medíocres se torna um ser livre.
a Liberdade é uma dádiva própria dos Deuses.
o Homem liberto é, de fato, o próprio Deus.

a Mentira e o Medo nos protegem daquilo que não conhecemos.
no que eles nos protegem, cobram seu Preço.
o comodismo tem um custo muito elevado.

a Delicadeza da Sabedoria é uma mensagem sutil de Liberdade.
a Ganância e o Egoísmo conduzem a solidão.
para que viver eternamente escravo, quando se pode morrer divinamente?

Eu sempre quis ser um Deus, mas nunca me permitiram.
preferiram me proteger dos males do mundo.
porém meus olhos hoje estão abertos, minha mente está atenta e o meu coração está se purificando.
Não desejo mais o mal, não quero mais mentir, nem me esconder.

Pois enquanto viver, o que eu quero mais é ser feliz.